Como dar banho em gatos

21/09/2018
por Renata Brunelli
Como dar banho em gatos

Se você já tentou dar banho em um gato, com certeza ficou com arranhões por alguns dias. Seu amigo felino vai espernear, arranhar e miar se você colocá-lo debaixo da água. Apesar da crença popular, os gatos não odeiam água. Seus parentes distantes, principalmente os que vivem nas selvas quentes, como os tigres, adoram nadar.

Os gatos adoram colocar a pata na tigela de água, e muitos ficam fascinados com a torneira pingando ou a chuva na janela. O que eles não gostam, em qualquer aspecto da vida, é de serem forçados a fazer algo. E quando colocamos seus pelos devidamente lambidos e arrumados, com seu cheirinho e identidade, debaixo do chuveiro… eles com certeza ficarão bravos.

O primeiro passo para dar um banho no seu gato e sobreviver é entender isso. O segundo é entender que ele NÃO PRECISA DE BANHO. Nem de vez em quando, ele sabe se manter limpo, ele tem uma língua própria para isso. Mas os gatos podem entrar em lugares sujos, cavar vasos ou ser um peludo que você acabou de resgatar da rua. Nessas situações emergenciais, o estresse do banho pode ser necessário. Para ajudar nessa missão, seguem algumas dicas:

Banho a seco. Essa deve ser a primeira opção. A maioria dos gatos nem percebe que está tomando banho. Compre um produto específico para gatos, porque eles inevitavelmente vão se lamber e ingerir o produto. Os lenços umedecidos são mais práticos, mas também existem sprays para passar e espalhar com uma toalha. Tente fazer com que tudo pareça uma sessão de carinho e massagem, escove bem os pelos do gato, antes e depois da aplicação.

Corte as unhas. De preferência, um dia antes, já que o corte de unhas também é estressante.

Escove antes. Não deixe para escovar na água porque isso só vai fazer o banho demorar mais. Escove bem os pelos dele, no sentido contrário ao crescimento. Se ele não gosta disso, escove, solte-o e espere que ele se acalme antes de começar o banho. O importante é não acumular estresse.

Não deixe ele nervoso. Prepare tudo o que for preciso antes do gato perceber que vai tomar banho. Você pode brincar com ele, fazer carinho e ajudá-lo a relaxar antes de colocá-lo no box. Se ele perceber que vem banho por aí, vai ficar mais ansioso e estressado.

Mantenha a sua tranquilidade. Se você estiver apreensivo, o gato vai perceber e ficar apreensivo também. Relaxe, respire fundo, agrade o queixo dele, faça-o pensar que é tudo uma brincadeira.

Comece devagar. Não coloque o gato na água, em nenhum momento. Use um chuveirinho ou um copo para molhá-lo, sempre com água morna. Comece pelas patinhas e vá subindo, a cabeça é a última parte. (Cuidado com ouvidos e boca, se possível, nem molhe a cabeça, use só um paninho úmido).

Use shampoo de gato. Vai sobrar resto de shampoo nos pelos e o gato vai se lamber e engolir o produto. Itens para cachorro ou para humanos podem causar reações alérgicas ou mesmo serem tóxicos. (Shampoos antipulgas de cachorro então…nunca!). Enxagúe o máximo que puder.

Seque bem. Enrole o gato numa toalha macia e esfregue os pelos. Escove-o mais uma vez e, se possível, leve-o para um lugar com sol. Ele vai sentar e se lamber por um bom tempo, afinal, ele precisa consertar a “bagunça” feita nos pelos dele e vai tentar colocar seu próprio cheiro de volta.

Secador? Se seu gato tem pelos muito compridos, pode ser necessário usar o secador para evitar nós. Use a temperatura mais baixa, a velocidade mais baixa e bem longe da pele. Peça para alguém ligar o secador do outro lado do cômodo para ver como ele reage ao barulho e só então leve-o para perto. Comece com o secador bem de longe e nunca direto no rosto. Se nada disso funcionar e ele continuar apavorado, não insista. Seque-o com a toalha e escove bem os pelos dele. Deixe ele se secar um pouco no sol e escove de novo. E mais uma vez quando o gato estiver completamente seco.


Banner Blog

Loading...