Intoxicação alimentar em PET's - o que fazer?

19/10/2017
por Felipe Vital
Intoxicação alimentar em PET's - o que fazer?

Por mais que sejamos cuidadosos quanto a rotina alimentar dos nossos animais de estimação, não devemos descartar a possibilidade de, em algum momento da vida, eles ingerirem um alimento que não caia nada bem.

De repente o seu animal fuça o lixo de casa e come um alimento estragado; uma visita carregada de boas intenções divide um biscoito com o seu cachorrinho ou gato; você fica com pena e dá um pedacinho do seu almoço para ele experimentar; ele come um dos alimentos proibidos, como chocolates, castanhas, frutas secas, bebidas alcoólicas e etc. Como em outras ocasiões mencionadas aqui no BLOG, é fundamental que você foque toda a refeição do animal, exclusivamente, em rações de alta qualidade e alimentos especialmente desenvolvidos para os PETs. Outros tipos de comida, inadequadas, podem causar uma intoxicação alimentar no seu amiguinho, colocando a sua saúde e vida em risco.  

Mas calma, isso pode acontecer e agora você vai estar preparada(o) para identificar os sinais e prestar os primeiros socorros! Se você percebeu que seu cachorro (ou gato) ingeriu alguma substância inadequada e, provavelmente, foi intoxicado, atenção para os 5 sintomas:

1 – Vômito
2 – Diarreia
3 – Babar excessivamente
4 – Prostração (abatimento físico e psicológico)
5 – Convulsões (em casos mais graves)

A primeira coisa a se fazer, é tentar identificar qual foi, qual a quantidade e há quanto tempo a substância foi ingerida. Se possível, separar a sua embalagem para apresentar ao veterinário.

Na maior parte dos casos, o primeiro socorro imediato é induzir o animal ao vômito, para que ele elimine a substância indesejada. Não faça isso se você suspeitar que ele tenha ingerido algo cortante ou se estiver inconsciente. Antes de fazer isso, ofereça um alimento para o animal; pode ser um pequeno pedaço de pão (dessa vez pode). Dê 1 colher de chá de água oxigenada 3% (essa mesmo que temos em casa) para cada 10kg do animal. Se ele não vomitar na primeira tentativa, espere pelo menos 5 minutos e tente novamente. Não passe de 3 tentativas. Se ele não conseguir vomitar, leve-o imediatamente ao veterinário.

*A orientação é da Dog Safe, a principal instituição de treinamento de primeiros socorros para pets do mundo.

Esse é o tipo de situação que você poderá acionar o Meu Pet Protegido. Portanto, contrate um dos planos a partir de R$22,90 antes que uma situação emergencial como essa aconteça.

Muita calma nessa hora, que tudo dá certo!


Banner Blog

Loading...