Por que o seu Pet precisa de um plano de saúde?

08/02/2019
por Renata Brunelli
Por que o seu Pet precisa de um plano de saúde?

Quem tem um animal de estimação sabe o quanto ele é importante para a família. E sabe o sofrimento que é vê-lo adoecer e a agonia de não saber o que ele está sentindo. Ter um pet significa ser responsável por uma vida totalmente dependente que requer, além de amor, vários cuidados especiais. Por isso, um plano de saúde para Pets é essencial.

As pessoas estão cada vez mais próximas de seus bichinhos de estimação. Atualmente, não são considerados mais apenas animais de estimação, mas sim, parte da família. A partir desta proximidade, a saúde e o bem-estar dos pets passa a ser mais preocupante.

Ter animais de estimação é uma grande alegria, mas mantê-los não é nada barato, na verdade, pode até ser bem caro. Além de diversos cuidados com os bichinhos, ainda tem os gastos com alimentação, produtos para higiene, banho e tosa, visitas ao veterinário, vacinas, etc.

As visitas ao veterinário não costumam ser constantes (no caso do pet estar saudável), mas são imprevisíveis. As idas ao veterinário nunca são baratas e muitas vezes podem pegar os donos desprevenidos e pesar no orçamento.

Como funciona?

Os planos de saúde para animais são bastante parecidos com os planos para humanos. Pagando uma taxa mensal, o usuário garante atendimento integral, sem filas, a qualquer hora e acesso aos melhores médicos, laboratórios, clínicas e hospitais.

Com valores bem acessíveis, é possível aderir a um plano com direito a consultas, vacinas, atendimento emergencial e exames laboratoriais e de imagem. Se desejar um serviço mais completo, pagando um pouco a mais, seu animalzinho terá várias regalias, como direito a acupuntura, cirurgias mais complexas e castração. 

Quais são as vantagens de aderir a um plano de saúde animal?

Um dos motivos que tornam o plano de saúde animal vantajoso é a falta de alternativas públicas. No caso da cidade de São Paulo, existem apenas dois hospitais veterinários públicos: um na zona leste e outro na zona norte. Eles têm em média 300 atendimentos por dia. 

Os serviços são exclusivos para quem mora na capital paulista e, prioritariamente, a quem é assistido por programas sociais como Bolsa Família, Renda Mínima, Renda Cidadã ou outro programa equivalente. Quem não participa desse projeto também pode utilizar os hospitais, basta ser maior de idade, levar RG e CPF originais e comprovante de residência no nome do dono. Os documentos são essenciais para garantir o atendimento. 

Os hospitais públicos, portanto, são limitados para a quantidade de pessoas que vivem na cidade de São Paulo. A situação se complica ainda mais para quem vive em outras cidades. Eles não podem utilizar esses hospitais e às vezes não há alternativas públicas no município em que moram. Então, o caminho é pagar altos valores por um atendimento particular — principalmente em casos emergenciais. 

Nestes casos, aderir a um plano de saúde é bastante útil, já que dá direito a atendimento médico sem filas e praticamente exclusivo a qualquer momento, além de ser mais barato do que pagar por serviços isolados. 

Os planos também oferecem pacotes para grupos de animais e atendimento em casa. Isso pode ser uma vantagem para quem tem vários pets em casa, pois é uma forma de economizar e garantir todos os cuidados. 

Com um plano de saúde, você estará cuidando melhor do seu Pet, proporcionando-lhe mais qualidade de vida, sem ter que se preocupar com surpresas no orçamento, uma vez que os valores são fixos e acessíveis.


Banner Blog

Loading...