Tosa é questão de saúde

26/10/2018
por Renata Brunelli
Tosa é questão de saúde

Assim como cuidamos da nossa pele e do nosso cabelo, os pets também precisam deste cuidado. Quando a saúde do animal vai mal, a pele e o pelo são os primeiros lugares onde o desequilíbrio se manifesta. Problemas de pele, queda de pelo e muitas outras situações podem (e devem!) ser evitadas. A tosa entra nessa lista, especialmente em épocas mais quentes. Ela facilita a respiração, evita que os pelos enrolem, incomodando o animal, e mantém pulgas e carrapatos bem longe.

É importante atentar-se ao fato de que cada cão ou gato precisa, de acordo com sua raça, fazer banho e tosa levando em conta a sua pelagem.

Por exemplo, na parte das almofadinhas dos cães e gatos (coxim) os pelos devem ser retirados para que o animal não escorregue, o que pode provocar algum acidente ou impedir a sua mobilidade.

Outra parte do corpo que precisa de atenção é a barriga. Nela o acúmulo de sujeira é bem mais fácil assim como nas partes íntimas, o que cria um ambiente ideal para bactérias e parasitas se proliferarem. Nas orelhas, o tosador deve ter bastante cuidado e fazer as limpezas necessárias. 

Alguns donos amam dar banho nos seus cães, mas na hora de tosar é recomendado levar ao pet shop. Isso porque se o animal tiver alguma ferida ou apresentar sintomas de alguma doença, só o profissional poderá identificar e encaminhar para o veterinário. Fora isso, tesouras e máquinas tosadoras podem ser perigosas, especialmente para animais agitados. 

A frequência da tosa varia de cão para cão, mas recomenda-se, em média, o espaço de três meses. Poodle, Cocker, Lhasa Apso e Shih-Tzu são algumas das raças que precisam de maior atenção e precisam ser tosadas a cada 45 dias. Na dúvida, pergunte ao veterinário ou tosador qual é a frequência ideal para o tipo de pelo de seu cachorro.

E não se esqueça de escovar!

Aliada ao banho e tosa, a escovação é muito importante para a higiene do cachorro. Além de eliminar os nós, a escovação remove a pelagem morta e a auxilia a espalhar a gordura da pele, o que deixa os pelos mais brilhantes. Conforme o passar da escova pela pele do cão, a irrigação sanguínea é ativada, o que melhora a circulação e ativa o sistema imunológico. Seu amigo agradece!


Banner Blog

Loading...